Mais de três milhões de jovens participaram na última semana, no Rio de Janeiro (RJ), da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Durante suas homilias, o Papa Francisco, incentivou os jovens a serem instrumento da fé e propagadores do evangelho.

O Grupo Marista enviou mais de 500 jovens para a Jornada Mundial da Juventude. Os participantes, de diversas regiões do país, voltam com o desafio de serem missionários e promoverem a transformação da sociedade.

Uma dessas jovens, Mariana Chain, esteve no palco junto ao Papa na missa de envio, realizada ontem (28). Ex-aluna do Colégio Paranaense e atual aluna do curso de Direito da PUCPR, para ela, estar na JMJ foi uma experiência transformadora: “conviver duas semanas com pessoas de todo o mundo é uma experiência ímpar. Estar ao lado do Papa Francisco foi incrível e inesperado. Nunca imaginei estar tão perto do Santo Padre. Ele tem um brilho no olhar, uma calma na fala, um doce no toque. É inexplicável”.

“Agora, depois deste turbilhão de sentimentos bons, espero que eu consiga passar um pouco desse sentimento de Amor de Deus para os outros jovens com quem convivo. Tentar tornar ainda mais Jesus Cristo conhecido e amado. É isso que faz com que a juventude seja a melhor idade, a idade que as coisas devem acontecer e nós fazemos acontecer. É por isso que a Igreja acredita em nós e nós acreditamos nela”.

 

Fonte: Comunicação Interna Grupo Marista