Que fazer dieta não é lá muito agradável todos concordam, ainda mais com as delícias gastronômicas que podemos encontrar em qualquer tipo de estabelecimento gastronômico.

Para ajudar quem não consegue seguir uma dieta regular, pesquisadores de uma Universidade de Tóquio estão desenvolvendo uma variedade de óculos para enganar o cérebro e ajudar as pessoas a comerem menos.

Extremamente excêntricos, cada um possui uma função específica. Um deles possui uma lente de aumento que amplia em 50% a imagem do alimento. A ideia é fazer com que a pessoa que utilize o óculos, acredite que está comendo mais do que realmente está.

Outra opção é um par de óculos azuis. Isso mesmo. Sua lente é responsável por deixar tudo, inclusive a comida, azul. Além de acalmar, a cor acaba deixando o alimento menos atraente.

Com um visual mais “futurista”, outro par de óculos possui dispositivos de cheiro e TV acoplados. O objetivo? Quando o usuário for comer, ele pode escolher visualizar na tela do óculos um belo prato de lasanha e seu cheiro, enganando o cérebro.

Os pesquisadores garantem a efetividade de cada óculos. Os protótipos já estão sendo testados pela equipe do professor Michitaka Hirose, da Universidade de Tóquio. De acordo com ele, até agora os estudos mostraram que os voluntários que participam doestudo diminuíram consideravelmente a quantidade de comida que ingerem.

Agora, resta saber a adesão do público em geral à estas engenhocas. Você toparia usá-las?

Via