shutterstock_55380352O meio do ano significa férias para muitos estudantes, mas para quem está de olho em seu futuro profissional esta é mais uma oportunidade de ingressar em uma Universidade.

Dois perfis de candidatos costumam se misturar nos vestibulares de inverno país afora: quem já tentou vestiba e está em um cursinho e quem está cursando o terceirão.

Os vestibas que estão no cursinho já estão familiarizados com o conteúdo cobrado nas provas, e isso é uma vantagem. Já os alunos do terceirão, como ainda não viram todo o conteúdo, podem aproveitar o vestibular de inverno para treinar seus conhecimentos para as provas de verão. Entretanto, muitas Universidades não oferecem todos os cursos em seu processo seletivo de inverno.

Se você ainda está em dúvida, confira alguns prós e contras do vestibular de inverno:

Vantagens

- Para quem não passou no vestibular de verão é uma nova oportunidade de ingressar em uma Universidade;

- Passar no vestibular de inverno dispensa a realização do Enem;

- Oportunidade de testar seus conhecimentos antes do vestibular de verão;

- Não precisar fazer curso pré-vestibular.

Desvantagens

- Nem todas as instituições oferecem todos os cursos em seu processo seletivo de inverno;

- Nem todas as instituições possuem vestibular de inverno;

- O número reduzido de cursos oferecidos não significa que a prova será mais fácil;

- Para alguns cursos, a concorrência é maior, devido ao número reduzido de instituições que oferecem vestibular no meio do ano.