Muitas pessoas aprendem que nunca devemos utilizar a vírgula antes do “e”, mas será que é sempre assim?

Tudo depende da utilização, pois a conjunção “e” pode ser encontrada com vírgula antes ou depois e, mais frequentente, sem vírgula.

Para facilitar, não dever ser utilizado a conjunção “e” quando ela coordena ou liga os elementos de uma enumeração, que pode ser formada por substantivos, pronomes, adjetivos e orações, como por exemplo: “Vou ao mercado comprar arroz, feijão e batata”.

Agora, deve-se usar a vírgula antes ou depois da conjunção e na enumeração, quando colocamos uma intercalação, como por exemplo: “ Dividiu o bolo em fatias e, pela pressa das crianças, distribuiu-as rapidamente”.

Na dúvida, nunca é demais lembrar que a vírgula nunca deve separar sujeito e predicado.

Via quem tem medo de português.