steampunk

Nos anos 1980, o termo Steampunk surgiu para designar um subgênero da ficção científica com tecnologia “retrô”, inspirado na estética vitoriana do século XIX. Seu visual é futurístico, mas como se fosse imaginado antigamente. O gênero remete a alguns romances de ficção científica daquele século, principalmente aos livros de Julio Verne – pergunte aos seus pais se eles não eram vidrados no clássico “20.000 léguas submarinas”.

O steampunk continua em evidência, prova disso é o trabalho do londrinense Arthur Moreno Milan Parreira, que fez uma leitura muito original de “O Sítio do Pica-Pau Amarelo”, de Monteiro Lobato, para a estética steampunk. O intuito de Arthur era relacionar literatura e vídeo-games. Conheça aqui a sua criação em detalhes.