Quer saber as propriedades nutricionais de duas fatias de queijo suíço? Em dúvida sobre conceitos de química e física? Precisando de ajuda para resolver fórmulas matemáticas? Tudo isso você pode encontrar no buscador WolframAlpha, lançado em maio desse ano pelo matemático Stephen Wolfram e ainda pouco usado pelos brasileiros. A diferença básica entre ele e outros sites de buscas, como o Google, é o fato dele dar respostas diretas às perguntas dos internautas em vez de direcionar para uma lista de sites que contenham a informação. Fiz alguns testes e achei o site muito útil para complementar os estudos, ou até para conseguir dados curiosos, como a menor temperatura já registrada na Terra (-89o C, na Antártica, no dia 21 de julho de 1983) ou o histórico completo dos jogos do campeonato norte-americano de baseball. O usuário ainda pode pesquisar frases inteiras, como “Quantos prótons há em um átomo de hidrogênio?”

Se tem algo que possa dificultar um pouquinho a pesquisa e a popularização do WolframAlpha é sua restrição ao idioma inglês. Mas isso não pode ser desculpa para um vestibulando bem preparado, né?

Em tempo: quando o WolframAlpha foi lançado, seus criadores disseram que o site não era um concorrente do Google, por trazer um mecanismo de buscas diferente. Mas há boatos de que o Microsoft Bing esteja prestes a fechar uma parceria com ele. Será?